Uma pesquisa realizada pela Serasa Experian indica que 85% das empresas ainda não se sentem prontas para adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). E isso com o prazo correndo para a vigência das novas normas, em agosto de 2020. Muitas empresas tem optado por palestras para começar a entender a LGPD.

A pesquisa ouviu 508 empresas, de todos os portes e segmentos, em diversas regiões do país. E 72% das companhias com mais de 100 funcionários disseram que pretendem contratar serviços terceirizados para auxiliar na adequação da lei.

A pesquisa mostrou que 31,8% do setor financeiro está pronto para as exigências da lei, apresentando um desempenho duas vezes maior do que os outros setores da economia brasileira, cuja média nacional foi de 15,2%. O setor de serviços ficou na segunda posição, com 19,6%, e o varejo, por sua vez, está terceiro lugar, com 17,9% das empresas adaptadas e dentro do que pede a lei.

O setor de saúde e hospital ocupa a última posição, com apenas 8,7% das empresas em conformidade com a lei. Precisando de mais tempo para se adaptar a legislação, cerca de 34,8% das organizações dizem que vão precisar de seis meses a um ano para estarem totalmente prontas para a lei.

PALESTRA FOCADA EM ADEQUAÇÃO À LGPD

Como sua empresa está se preparando para a LGPD? O processo como um todo é complexo e envolve revisão dos processos internos além de diversas áreas da empresa. A revisão dos cadastros e das bases ligadas é uma das tarefas iniciais e mais desafiadoras e, por isso, é bom começar o mais rápido possível.

A LGPD Brasil oferece consultorias especializadas e realiza uma palestra por mês na própria sede para sanar dúvidas a respeito do tema e avaliar os impactos da lei.

Confira o dia da próxima data da palestra sobre LGPD e não deixe de participar. O evento é gratuito.

SERVIÇO PALESTRA LGPD

Palestra LGPD e os desafios dentro da sua empresa
Dia 12/09 das 15h às 17h
Rua Tenente Negrão, 166 – 7º andar | Itaim Bibi, São Paulo – SP
Evento gratuito
Clique aqui para fazer a inscrição

 

Por Da Redação | Fonte: LGPD
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *